32. 3250-0550

Inglês para Crianças realmente funciona?

Qualquer pessoa pode aprender uma nova língua. Porém, quanto mais cedo o aprendizado começar, maiores são as chances de uma criança dominar um segundo idioma de forma fluente. É nessa fase da vida que habilidades e sentidos, como a linguagem, a visão, a audição, a fala e as capacidades motoras se desenvolvem.

Em entrevista para a Revista Educar para Crescer, Eloisa Lima, mestre em neurolinguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), explica que “o período entre zero e sete anos é crítico para estruturar e fixar os sons da língua definitivamente. Portanto, quanto mais jovem for a criança, maiores serão as oportunidade cerebrais para a aquisição fluente e com redução de sotaques de uma língua estrangeira.”

A aprendizagem da segunda língua ajuda a desenvolver a criatividade e o raciocínio, melhora a concentração e as habilidades de memória. As crianças que aprendem um segundo idioma têm mais facilidade em aprender seu idioma nativo, pois o cérebro já conheceu outras possibilidades para estruturar frases.

Ainda de acordo com especialistas, brincar é o melhor meio de ensinar crianças e a participação dos pais é muito importante para que o aprendizado seja efetivo. Os pais podem ajudar realizando atividades em que os filhos tenham que exercitar o idioma. Isso pode ser feito por meio de filmes com áudio original, músicas, atividades no computador e leitura de livros, revistas e gibis.

Everton Vecchi, coordenador pedagógico da Change Idiomas, explica que, ao ensinar crianças, é importante seguir as mesmas etapas que ocorrem no aprendizado da língua materna, acompanhando o desenvolvimento das habilidades orais antes das práticas escritas. O curso atende crianças a partir de quatro anos de idade com aulas super dinâmicas e interativas, profissionais capacitados para lidar com estudantes não alfabetizados e ambientes adequados ao ensino dos pequenos.

Que saber mais? Visite uma das nossas unidades e conheça a metodologia Change!

Confira outras notícias